Portal mercadizar.com promoveu a 1ª Semana de Orgulho LGBTQI+

A programação foi 100% online e publicada no portal e nas redes sociais do veículo de comunicação

Na última semana do mês de junho, do dia 22 a 28, o mercadizar.com promoveu a sua 1ª Semana de Orgulho LGBTQI+. A programação tinha como objetivo pautar e dar espaço para alguns dos mais diversos assuntos que permeiam a comunidade, entre eles a invisibilidade de bissexuais, desafios da população trans, saúde, além de uma entrevista exclusiva com Hugo Bonemer, ator e apresentador, na matéria “Representatividade LGBTQI+ na mídia” e muito mais.

Abaixo confira um resumo da programação da  1ª Semana de Orgulho LGBTQI+:

Orgulho LGBTQI+: Conheça a história do movimento por direitos

Arte: Mercadizar

A matéria aborda a história do movimento LGBTQI+ no mundo e no Brasil, além de tratar da parada, da bandeira e das siglas da comunidade.  

#MercadizarIndica: O legado da comunidade LGBTQI+ na cultura pop e entretenimento

Arte: Mercadizar

Neste #MercadizarIndica na Semana do Orgulho, conheça séries, filmes e personalidades que são um marco no Brasil e no mundo como, por exemplo, as cantoras Madonna e Lady Gaga e os filmes A Garota Dinamarquesa e Orações para Bobby.  

Identidade de gênero? Orientação sexual? Quais as diferenças?

Arte: Mercadizar

No Artigo de Opinião “Identidade de gênero? Orientação sexual? Quais as diferenças?”, Paulo Barros, psicólogo e coordenador do Núcleo de Atendimento Psicossocial para População LGBTQI+ em Boa Vista, Roraima, explica a diferença e a história por trás de ambos os conceitos. “Falar sobre sexualidade nunca é uma tarefa fácil, mas não é impossível. Espero contribuir de alguma forma a partir das linhas que se seguem. Não tenho a intenção de estabelecer verdades absolutas, pois, o campo da sexualidade é extremamente mutável, não permanecendo o mesmo ao passar dos anos, por mais que muitas pessoas insistam em tratar tal temática com rigidez e conservadorismo”, afirma.

A invisibilidade da letra B na comunidade LGBTQI+

Arte: Mercadizar

Muitos desqualificam a bissexualidade e acreditam que ela é um período de transição para a homossexualidade ou heterossexualidade, por não acreditar ser possível se atrair por mais de um gênero. Em entrevista ao portal, bissexuais relatam sofrer com preconceitos e pressões por parte da comunidade e da sociedade em geral.

Apesar de políticas, população LGBTQI+ enfrenta dificuldades no acesso à saúde

Arte: Mercadizar

O mercadizar conversou com homens e mulheres homossexuais, bissexuais e trans que relataram que os médicos não estão preparados para atendê-los. 

“A assistência em saúde voltada para a população LGBTQI+ geralmente é focada nas infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Essa realidade restringe uma atenção integral em saúde que atenda as suas individualidades”, disse Lucas Brito, enfermeiro e coordenador da Casa Miga. 

Representatividade LGBTQI+ na mídia 

Arte: Mercadizar

Em entrevista exclusiva ao mercadizar.com, Hugo Bonemer, ator e apresentador, falou sobre representatividade na mídia, seja na publicidade ou nas novelas. 

“Não adianta fazer publicidade com casais gays e ter o dono envolvido na bancada política que diz proteger crianças e não considera as que nasceram gays. As grandes marcas e seus líderes têm relação direta com o grau de LGBTfobia que a sociedade experimenta hoje”, afirmou.

Diversidades em lives: da comunidade e para a comunidade LGBTQI+

Arte: Mercadizar

A matéria reuniu e divulgou três lives que ocorreram durante a Semana do Orgulho e que tinham objetivo de conversar e celebrar com a comunidade.   

Os desafios da população trans no Brasil e na região Norte

Arte: Mercadizar

Ao mercadizar.com, Bernardo Souza, Hayub Thomé, Rebeca Carvalho e Thiago Costa falaram sobre preconceitos, mercado de trabalho e o que não falar para uma pessoa trans. “Em uma cidade pequena como Boa Vista, os números de preconceitos contra a comunidade LGBTQI+ são altíssimos e muitos ainda dizem que a violência e o preconceito são velados, mas eles batem todos os dias na nossa porta”, contou Hayub Thomé, Miss Trans Roraima e Rainha de bateria do bloco de carnaval Mujica.

Direitos LGBTQI+: um panorama das conquistas da comunidade

Arte: Mercadizar

Finalizando no dia 28 de junho, Dia Mundial do Orgulho LGBTQI+, o mercadizar.com relembrou alguns dos direitos conquistados pela comunidade no Brasil e trouxe considerações de Andrew Ribeiro, presidente da Comissão de Minorias da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB AM). 

Para dúvidas e sugestões, envie um e-mail para contato@mercadizar.com.



*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.