Hilana Rodrigues; 13/08/2021 às 10:00

Pai de Britney Spears desiste de ser tutor da artista 

O pai da cantora ainda deseja ajudar na transição para o novo tutor

Depois de 13 anos, a cantora Britney Spears deixará de ter o pai, Jamie Spears, como tutor legal. De acordo com o site TMZ, a informação foi dada pelo próprio empresário na última quinta-feira, 12.

Em documentos obtidos pelo jornal The New York Times, o pai da cantora desistiu da função e que ainda deseja ajudar na transição para um novo tutor, que continuará os movimentos das finanças e decisões pessoais de Britney.

“Mesmo sendo o senhor Spears o alvo incessante de ataques injustificados, ele não acredita que uma batalha pública com a filha sobre seu serviço como tutor seria de seu interesse. Assim, embora ele deva contestar esta petição injustificada para sua remoção, o senhor Spears pretende trabalhar com o tribunal e com o novo advogado da filha para preparar uma transição ordenada para um novo tutor,” dizem os documentos enviados.

Dos 22 anos de Britney como cantora profissional, 13 deles o pai esteve como tutor em que  desde 2008 foi nomeado na justiça americana como responsável legal por assuntos pessoais e financeiros da princesa do pop. A cantora de 39 anos vem acumulando algumas vitórias na Justiça recentemente, como a troca do advogado. 

O pai e ainda atual tutor, mesmo que tenha desistido do cargo, defende que não há motivos legais para a mudança. “Não há, de fato, motivos reais para suspender ou remover o senhor Spears como o tutor da carreira e das propriedades. E é altamente discutível se uma mudança na tutela neste momento seria de melhor interesse para a senhorita Spears”, afirmam os documentos.

Jaime não está realmente encarregado de seus assuntos pessoais desde setembro de 2019, quando deixou a função por causa de problemas de saúde. Ele foi substituído desde então por Jodi Montgomery, cuidadora da cantora, mas ainda é responsável pelo lado profissional da tutela.

 

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.