Por Ariel Bentes; 10/07/2019 às 08:00

Artistas transformam discurso de ódio em arte na websérie ‘Contos de Vida e Norte’

A websérie tem três episódios e terá como protagonistas artistas locais

(Foto: Arquivo Pessoal)

No dia 20 de julho, estreia a websérie “Contos de Vida e Norte” no Youtube. A websérie também será apresentada em um evento de lançamento no Palácio da Justiça, localizado no Centro de Manaus, a partir das 17 horas. Com a apresentação de Maria do Rio e Mariah Brandt, o evento contará com exposição de arte, coquetel regional, apresentações musicais, além de uma roda de conversa com os influenciadores digitais locais, Gabriel Torres (marginal influencer), Elisa Maia, Rosto de Neve e Gordeia.

Produzida pelo coletivo Cumbuca, “Contos de Vida e Norte” mostrará a trajetória de três artistas amazonenses sendo eles a cantora Catarina, a drag amazônica Uyra Sodoma e a artista visual Kerol Kemblim, onde em cada episódio um deles falará sobre as suas vivências na internet e nas ruas em que o racismo, homofobia e o machismo são apresentadas em paralelo as suas artes.

“A websérie aponta narrativas digitais de ativismo para combater os discursos de ódio que tem adoecido o potencial de jovens e adultos de Norte a Sul do país. “, diz o coletivo. 

Coletivo Cumbuca

(Foto: Arquivo Pessoal)

Formado por 5 jovens da cidade de Manaus, entre jornalistas, artistas, designers e relações públicas, o coletivo Cumbuca é um dos 15 grupos selecionados no Brasil que recebeu bolsas do Saferlab, laboratório de ideias da Safernet Brasil que apoia jovens na produção de contranarrativas e combate ao discurso de ódio na internet. O laboratório iniciou em 2018 e tem o apoio do Google e da Unicef. Além do Cumbuca, mais 5 grupos da região Norte participaram do processo. 

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.