Por Isabella Botelho; 30/08/2019 às 16:00

Globo lança caderno sobre refúgios e deslocamentos forçados

Conteúdo traz textos jornalísticos e científicos sobre o tema

Na última quarta-feira, 30, foi lançado o Caderno Globo – Deslocamentos e Refúgios, no Museu da Imigração, em São Paulo. Durante o evento, além de receber o Caderno em primeira mão, os presentes puderam acompanhar uma mesa mediada por Pedro Bial e com Prudence Libonza, refugiada da República Democrática do Congo, Camila Sombra, Chefe em Exercício do Escritório do ACNUR em São Paulo, e Rosana Baeninger, professora da Unicamp.

Como o próprio título sugere, o projeto desenvolvido pela Globo fala sobre refugiados e pessoas que passaram por situações de deslocamento forçado. O conteúdo é composto por análises de especialistas, artigos acadêmicos, infográficos, podcasts e galerias de fotos que têm o propósito de traçar um panorama sobre o tema globalmente, mas com foco no Brasil.

Além do debate envolvendo os convidados, o evento contou também com exposição fotográfica de Felipe Fittipaldi, que registrou abrigos de refugiados em Roraima e assinou a fotografia do Caderno.

Caderno Globo 

O Caderno Globo é uma mescla entre revista acadêmica e jornalística que aborda temas importantes para a sociedade. Já foram produzidos materiais sobre identidade de gênero, economia no Rio São Francisco, mobilidade urbana, consumo consciente, juventude, futuro do lixo, entre muitos outros.

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.