Por Isabella Botelho; 21/10/2019 às 18:00

Em protesto, Bahia utilizará uniforme sujo de óleo no Brasileirão

Clube leiloará uniformes em prol de grupos independentes engajados na limpeza das praias

“O problema é seu. O problema é nosso”. É assim que o Bahia inicia o manifesto em defesa das praias do Nordeste, atingidas por manchas de petróleo desde o início de setembro. Para alertar sobre o tema, o clube usará um uniforme especial com manchas escuras, que simulam o petróleo, na partida contra o Ceará nesta segunda-feira, 21. Além disso, o time vai leiloar os uniformes e doará a quantia arrecadado a grupos independentes que estão ajudando na limpeza das praias. 

As manchas começaram a aparecer no litoral brasileiro inicialmente na Paraíba e se espalharam por 171 cidades e 9 estados do Nordeste. Além de poluir rios e mares, o petróleo tem afetado a vida de animais e plantas marinhas e o turismo em cidades litorâneas.

Posicionamento definido

Com projetos como o Núcleo de Ações Afirmativas, associações populares para maior inclusão social, racial e de acessibilidade, posicionamento contra ditadura e postura ativa em datas como a Dia da Consciência Negra e Dia Internacional Contra a LGBTfobia, o Bahia escapa da mesmice e da cegueira social do futebol brasileiro e, assim, se torna o time mais importante do país para as questões que realmente importam.

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.