Por Nayá Costa; 25/07/2019 às 16:12

Dia Nacional do Escritor: conheça três importantes escritores amazonenses

“Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.” Carlos Drummond de Andrade

Hoje, 25 de julho, comemora-se o Dia Nacional do Escritor, data que destaca a importância da educação e da cultura para o desenvolvimento de uma sociedade que valorize e incentive a leitura. Neste dia tão importante, nós, do Portal Mercadizar, resolvemos homenagear três escritores Amazonenses. 

 

Milton Hatoum

Foto: divulgação

Milton Hatoum é considerado um dos grandes escritores vivos do Brasil. Nasceu em Manaus, em de agosto de 1952 e deu aulas de literatura na Universidade Federal do Amazonas e na Universidade da Califórnia, Berkeley. O escritor ficou famoso com os romances Relato de um certo oriente (1989), Dois irmãos (2000), Cinzas do norte (2005) e Órfãos do eldorado (2008), todos publicados pela Companhia das Letras. Seu segundo romance, Dois irmãos, de 2000, foi traduzido para doze idiomas e adaptado para a televisão, teatro e quadrinhos. Hatoum costuma falar de lares desestruturados, além de apresentar um teor político em suas obras. Ele também é conhecido por misturar experiências e lembranças pessoais com o contexto sociocultural da Amazônia e do Oriente, inovando no meio literário brasileiro. 

 

Márcio de Souza

Foto: divulgação

Márcio Gonçalves Bentes de Souza nasceu na cidade de Manaus, em 4 de março 1946, e é um jornalista, dramaturgo, editor, roteirista e romancista brasileiro. Márcio lançou seu primeiro livro,“O mostrador de sombras”, aos 18 anos, mas foi somente com o sucesso de “Galvez, o imperador do Acre” (1976) que ele abraçou a literatura como profissão. Uma de suas influências é o escritor Machado de Assis, ressaltando o sarcasmo machadiano em suas ficções.

 

Astrid Cabral

Foto: divulgação

Astrid Cabral Félix de Sousa nasceu em setembro de 1936 em Manaus, AM, onde fez seus primeiros estudos e integrou o renovador Clube da Madrugada. No decorrer de sua vida profissional, Astrid desempenhou os mais variados trabalhos, dentro e fora da área cultural. Além disso, a escritora recebeu importantes prêmios, entre eles o Helena Kolody pelo livro de poemas “Intramuros”. 

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.