Isabella Botelho; 19/09/2019 às 19:00

Abordagem do suicídio pela mídia: como os jornalistas devem tratar o tema

Selecionamos duas cartilhas para auxiliar jornalistas a falarem sobre o tema

O suicídio é um tema complexo e delicado, que deve ser abordado com sensibilidade pelos profissionais da imprensa. Por isso, ao longo dos anos, diversos manuais e cartilhas foram criados para guiar e treinar os comunicadores, a fim de auxiliar os profissionais a falarem sobre o tema sem produzir um conteúdo de teor sensacionalista ou que possa desencadear qualquer tipo de efeito contágio, ou seja, quando a notícia acaba provocando estímulos em pessoas que estão em sofrimento.   

Cartilha Ministério da Saúde

Em setembro de 2017, o Ministério da Saúde divulgou uma cartilha elaborada para orientar jornalistas na divulgação de notícias e abordagem adequada sobre o suicídio, de forma a colaborar para a prevenção e preservação do direito à informação.  

Manual de imprensa ABP

A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) criou um manual intitulado “Comportamento suicida: Conhecer para prevenir” para auxiliar os jornalistas que procuram informações sobre saúde mental.

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.