Por Nayá Costa; 30/08/2019 às 18:00

Passo a Paço 2019: conheça os artistas locais Dan Stump, Lary Go e Strela e Coletivo 333

Entre as atrações regionais, temos vários artistas de primeira viagem, que prometem vir com tudo em sua primeira participação! Conheça alguns desses artistas e confira nossa entrevista.

Dan Stump

Foto: divulgação.

O cantor manauara Dan Stump iniciou sua carreira em 2015 produzindo vídeos de covers em inglês e português para o YouTube. Dan participa do cenário musical com versos que vão do folk contemporâneo ao soul, refletindo nas letras suas experiências de vida e seus sentimentos. Além da carreira solo, o cantor também faz parte da banda Tropical Riva. 

Lary Go e Strela

Foto: divulgação.

As irmãs Ana Larissa e Lauriane, mais conhecidas como Lary Go & Strela, atuam desde 2015 e são referência no cenário hip hop feminino na cidade. A temática central das músicas da dupla é o empoderamento feminino, com versos e batidas intensas, que transmitem a visão da realidade da mulher manauara. 

Coletivo 333

Foto: divulgação.

O Coletivo 3.3.3 foi formado em 2015 por um grupo de amigos, tomando forma em 2017, conquistando seu espaço e respeito na cena de rap local. O Coletivo fala sobre a temática urbana em suas rimas e é formado por quatro grupos principais, são eles: Shadowclan, Expresso Submundo, Arcanos e TDM.

Qual a sensação de estar participando pela primeira vez do Festival Passo a Paço? 

Dan Stump – Fico imensamente feliz, de que com apenas 4 singles lançados tantas coisas incríveis venham acontecendo na minha carreira, o Paço é uma delas!  

Ainda é louco acordar e ser um dos artistas mais ouvidos do cenário atual manauara, agradeço a cada um que tem depositado essa energia no meu trabalho, em cada show, e em cada conquista. 

Lary Go e Strela – Sensação de euforia única, pois será um show histórico pra gente e pro rap, porque estaremos no palco também convidando outras mulheres do RapAM. Rola aquela ansiedade de querer estar logo por lá e representando a cultura hip hop do qual com muito orgulho fazemos parte e a música amazonense. 

Coletivo 333 – Sensação de gratidão e dever cumprido, tínhamos vontade de tocar no festival mas não imaginávamos que nosso trabalho nos levaria até lá tão cedo. Gratificante!

Você está participando de algum projeto novo? 

Dan Stump – Estou finalizando as gravações do meu primeiro álbum que sai em novembro, todo meu foco e energia está concentrado nisso no momento. O último single antes do álbum será a música NVMFDA em parceria com a República Popular, estou transbordando de alegria em ter essa música com eles, que sai agora em setembro com música e vídeoclipe em todas as plataformas de streaming.

Lary Go e Strela – Tem mais ou menos um ano que sentamos e traçamos algumas metas, que eram basicamente apresentar nossa música o máximo possível na nossa própria cidade, Manaus. E ser convidadas pra tocar no Passo a Paço é certamente resultado disso. Também estivemos trabalhando em músicas novas que estão quase pra ser lançadas, inclusive com videoclipes. E fechando tudo isso, ano passado nosso projeto de gravação de um EP de estreia foi selecionado no edital Conexões Culturais 2018. Então, ainda vai ter muita coisa pra gente trabalhar e apresentar pro público em 2019/2020.

Coletivo 333 – O Novo projeto a ser iniciado pelo coletivo 333 seria “O Hip Hop Vive”, que seria um evento onde englobaria o Rap, Graffiti, Break & DJ’s, as 4 vertentes do Hip hop unidas em prol do fortalecimento da cena cultural Manauara, e disposto a serviços comunitários e oficinas de músicas.

Quais suas expectativas em relação ao Paço?

Dan Stump – São as melhores, é um show que marca toda minha trajetória daqui até a próxima fase que está vindo! É um momento a se compartilhar e comemorar com meu público em um evento ao lado de grandes artistas, quero me divertir muito e depois do meu show correr para o da Liniker haha.

Lary Go e Strela – A gente quer que chegue logo! Como falamos, vai ser histórico, pois resolvemos fazer do nosso palco uma celebração do RapAM, principalmente do rap feito por mulheres, e por isso, convidamos as rappers Catarina e a dupla Bhad Blanc e também a cantora Karen Francis.

Coletivo 333 – As melhores possíveis, estaremos tocando em um dos maiores Festivais musicais do Brasil!

Novidades Passo a Paço 2019 

O Passo a Paço faz parte da programação dos 350 anos da cidade de Manaus e terá quatro dias de shows, artes, gastronomia e muito mais. 

O festival Passo a Paço deste ano traz grandes novidades, entre elas, mais dois dias de festa, sendo um dedicado ao público infantil, atrações internacionais, além da ocupação de uma nova área dentro do Porto de Manaus, com novos acessos de entrada e saída, e funcionamento do Museu da Cidade de Manaus, aberto pela primeira vez ao público do Passo a Paço.

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.