Por Nayá Costa; 03/12/2019 às 19:00

#MercadizarIndica: Watchmen, Gioventù Bruciata e Café da Manhã

Confira o Mercadizar Indica desta semana, onde vamos ter série, música e podcast!

Watchmen

Para quem é fã de quadrinhos, Watchmen, a mais nova produção da HBO, é a pedida perfeita! A série tem como premissa explorar o universo perverso e corrompido introduzido por Alan Moore e Dave Gibbons nos quadrinhos da DC Comics, lançados em 1987.

A trama serve como uma “sucessora espiritual” dos eventos da graphic novel cerca de 34 anos após os acontecimentos da história de Moore e Gibbons. Ou seja, vemos um mundo já reconstruído da devastação causada pelo monstro trazido por Ozymandias e depois da despedida do Doutor Manhattan.

A primeira coisa que podemos notar é uma excelente produção da HBO (o que não nos surpreende), que caprichou na identidade visual e na recriação do ambiente já explorado em várias histórias. 

Gioventù Bruciata

Lançado em fevereiro deste ano, Gioventù Bruciata é o nome do primeiro álbum do cantor italiano Mahmood. Com 11 faixas, incluindo a versão original e um remix de “Soldi”, música no qual o cantor venceu o Festival de Sanremo e concorreu ao Eurovision 2019. Além de “Soldi”, canções do álbum como “Milano Good Vibes” e “Uramaki” também já possuem videoclipes. Recentemente, Mahmood anunciou novas datas da sua turnê na europa.

Podcast Café da Manhã

Café da Manhã é o nome do podcast criado pela Folha de São Paulo e comandado pela dupla de jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores. Os temas debatidos no podcast são diversos e abrangem política brasileira e internacional, cotidiano, economia, ciência, cultura, saúde e afins.

O podcast apresenta diariamente notícias sobre tais temas, gerando debate e informado por meio do áudio. O programa foi lançado em 1º de janeiro de 2019 e têm como foco tratar sobre os assuntos mais relevantes do dia de forma leve e dinâmica. 

Café da Manhã pode ser ouvido pelo Spotify ou pelo site da Folha. Os episódios são publicados pela manhã de segunda a sexta-feira.

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.