Isabella Botelho; 04/02/2020 às 16:00

#MercadizarIndica: A verdadeira representação da mulher em ‘Fleabag’

Série de Phoebe Waller-Bridge é uma das mais premiadas da atualidade

Se existe uma palavra que se repete muito quando falamos de cinema e televisão é clichê. Tudo se repete, tudo é igual, pouca coisa é original. Até aparecer Fleabag. Série produzida pela Amazon em parceria com a BBC, ela foi criada e escrita pela atriz Phoebe Waller-Bridge – que também assume o papel principal – é o que surgiu de mais original no que se refere à seriado nos últimos anos.

(Foto: Reprodução/Internet)

A trama gira em torno de uma mulher de 33 anos que enfrenta dificuldades em relacionamentos amorosos e familiares enquanto tenta lidar com o suicídio acidental de sua melhor amiga. Podemos nos perguntar como uma história cujo tema é a mulher e o feminino pode oferecer algo novo. Não é apenas a atuação de Waller-Bridge que torna Fleabag especial. O grande diferencial da produção está em seu formato – muito diferente do que estamos acostumados – e na forma como a mulher é representada, fugindo da tradicional imagem que lhe foi atribuída no mundo moderno.

Mas, afinal, como a série faz isso? A resposta é muito simples: ela é corajosa e tem qualidade. Durante os episódios, Waller-Bridge interage com o público de uma forma diferente do que geralmente é feito na TV. Ela literalmente olha para a câmera e conversa com o telespectador. Ela não conversa apenas com quem está contracenando ou com ela mesma, ela conversa com você. Isso faz com que ela divida com o público, de igual para igual, seus sentimentos. 

Quando falo de igual para igual, me refiro principalmente às mulheres. Apesar de ser centrada em mulheres, o mais interessante é que os homens, mesmo que se identifiquem menos, podem se divertir muito e o melhor: terão uma pequena amostra de como nós enxergamos algumas coisas no mundo. 

*O Mercadizar não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.